Redecoração Total!

Aqui está a disposição atual do meu minúsculo quarto.
Eu, como qualquer adolescente normal, enjoo muito fácil do meu quarto (acho que qualquer pessoa normal enjoa fácil do quarto, masok). E eu ja estou louca pra mudar tudo aqui! A disposição do meu quarto é boa até, mas ele tem uns 9m² no máximo. Como é possível ver na imagem ao lado, meu quarto é pequeno e tem pouco espaço pra se mover aqui dentro e além disso, as paredes tem papel de parede. O papel de parede que fica na parte de trás da minha cama é creme, com um xadrez simples de rosa claro e linhas finas de marrom (veja aqui). Vai do teto ao chão. Já nas outras paredes, o papel de parede é do mesmo tom de creme, mas tem bolinhas cor de rosa (veja aqui). Vai do teto até o meio da parede. Da metade ao chão, a minha parede é revestida de fórmica que é o material usado pra fazer os quadros brancos que vemos na escola, ou seja, posso escrever na parede inteira com canetões e sim, eu adoro isso. Mas o maior problema é que assim como já passei da fase do "vintage" (o que deu à minha mãe, diva e decoradora de interiores, a ideia de por os papéis de parede que eu inicialmente amei), eu também já passei da fase do rosinha bebê. #todoschoram. E estou extremamente incomodada com a falta de espaço do meu quarto. Eis aqui as mudanças que quero fazer...

D.I.Y: Capa Personalizada

Não liguem pra minha cara horrível é que eu tô doente povo :/ #MelhorasPraMim
Como o primeiro Do It Yourself do GDC eu achei interessante colocar algo que eu fiz e amei fazer: Capa de caderno personalizada. Minha mãe tava reclamando que a gente tava gastando muito dinheiro com coisas meio bobas então eu quis ajudar diminuindo os gastos com material escolar esse ano. Pedi que ela comprasse cadernos simples e baratos, que eu cuidava das capas. E vou ajudar você a fazer isso também, porque valeu MUITO à pena.
  • Prós: Você vai ter um caderno único e exclusivo. Ninguém vai ter igual. Você vai gastar menos dinheiro com cadernos de capas prontas e vai pode pagar R$ 9,90 num caderno ao invés de R$ 32,90. Você pode fazer do tema que você quiser. Vai sair do tédio, também! haha.
  • Contras: Dá um pouco de preguiça porque dá trabalho, mas é legal quando se está com ânimo. 

Boné: Como se usa?

Eu adorei essa blusa que ela ta usando, sem mais. E esse boné, OMG, me dá!
Que boné show, sério, eu
preciso de um desses no meu
 armário, tipo NOW!
Aqui está um modelo street para garotas
que curtem o uso do boné de uma forma
menos feminina.
Eu estava no blog Perfect Kiss e vi um post dela sobre bonés (veja aqui o post) e eu comentei dizendo que usaria bonés, mas que não faziam parte do meu modo de me vestir, mesmo que eu morra de vontade de usar. Mas então eu me perguntei - Qual o estilo de roupa PERFEITO pra se usar um boné de aba reta? Eu tinha colocado lá que era o street, mas pela foto acima, vejo que não precisa ser só o ele. Note que a roupa dela é mega feminina. Uma blusa larga laranja daquelas que você acha em lojas como a ZARA, e um mini shorts jeans justo. Até colar ela tá usando. Então não precisa estar usando obrigatoriamente um moletom maior grandão com uma calça skinny e tênis de skatista pra ficar linda de boné. Aposto que com o conjunto acima um vans com estampa vintage ficaria lindo (imagina o fundo beje, com flores laranjas). E então eu achei essa foto (à esquerda) de um boné feminino e MEGA vintage no We Heart It que eu precisava postar aqui. Esse boné é MUITO LINDO. Claro que não dá pra usar com um vestido, mas ainda assim é bem feminino. E olhem! A estampa é tipo a que eu tinha imaginado pro tênis da vans *o* eu JURO que não tinha notado, OMG. Enfim, quer um look cute? Ponha um boné desses com uma regatinha creme com rendinhas, um shorts curto jeans, e um vans laranja comum (ou amarelo). Gostaram da ideia? Comentem então! HAHAHA
1 Milhão de beijos!

Desatualizada? Eu? Magina!

Já vi que perdi completamente o jeito de blogueira. Estou completamente desatualizada, OMG! Eu estava olhando os blogs da Cherry Bomb, Piink Cookie e Jackie Dreams e notei algo estranhamente em comum nas postagens: Todas elas dão apelidos completamente inusitados para seus leitores. Uns exemplos dos apelidos que mais me chamaram a atenção foram: alfalces do amor, panquecas de abacate, marshmallows e tinha mais um que não estou lembrando agora, mas enfim... Cheguei à conclusão de que eu to parecendo minha mãe tentando entender o twitter quando estou aqui. Sempre fui do tipo rápida; daquelas que basta passar os olhos que já saca todas as manhas do negócio, mas dessa vez vi que não foi assim. Eu sei mexer no HTML do tumblr bem o bastante pra ter tido um tumblr de HTML por um bom tempo, mas os códigos usados aqui fizeram um nó na minha cabeça. Comecei a entender agora, tanto é que meu template fui eu que fiz com base nos tutoriais encontrados naqueles três blogs maravilhosos que eu citei ali em cima, mas ainda assim to meio perdida aqui nesse meio. Fiquei o dia todo pra fazer o template. Enfim, finalmente consegui. Eu tive um blog há uns anos atrás do qual eu cuidava com uma garota que conheci na internet chamada Thamires (falando nela, onde será que ela anda?). Nos conhecemos porque ambas tínhamos fakes no orkut (sim, fake no orkut. Faz um tempo do caramba, eu sei) e ficamos amigas. Eu tava cismada em ter um blog porque fiquei apaixonada pelos blogs da Iemai e da Ana Flávia, mas as coisas não saíram bem como eu planejei. No fim, nós duas abandonamos o blog e eu o excluí depois. Mas eu me animei de novo, e assim como daquela vez, foi porque alguém me inspirou a fazer, e não podia ser ninguém mais, ninguém menos que a Iemai, linda. Agora vou eu me enfiar pelos cantos do blogger pra descobrir como me enturmar por aqui. É isso ai, gente! 
Milhões de beijos ;*

Dia dos Namorados

Ok. São mais de meia noite então entramos oficialmente no famoso dia dos namorados. Que merda. Você pode (e deve, com certeza) estar se perguntando porque eu tive essa reação com a chegada do dia dos namorados, afinal eu estou namorando e coisa e tal... Queridos, eu lhes digo uma coisa: esse dia dos namorados seria perfeito se eu pudesse passá-lo ao lado do meu namorado, mas ai é que tá, eu não poderei. Infelizmente o dia dos namorados não é um feriado, e depois de amanhã eu tenho simulado, ou seja, terei de passar a porra da terça-feira inteirinha estudando feito uma condenada sobre assuntos que serão inúteis para a merda do resto da minha vida e não poderei estar com o meu namorado por isso. Mesmo ele estudando à tarde, nós poderíamos sair se eu não tivesse que além de tudo, ir para o colégio pra estudar mais ainda e ouvir por uma hora e meia meu lindíssimo professor de física relembrando conteúdos que eu mal lembro os nomes, quanto mais pra que servem e suas fórmulas e leis e o caralho a quatro. E é por isso que eu to irritada. Eu ODEIO física, nunca mais vou usá-la pra nada na minha fucking vida, mas passarei o lindo "dia dos namorados" namorando minhas apostilas, meus cadernos e o coroa do meu professor.


Gatos

Quem me conhece sabe que eu amo gatos de paixão. Eu sempre quis ter em minha casa uns três. As pessoas  costumam zoar comigo porque os nomes dos meus gatos sempre foram estranhos. Esse gato ao lado se chama Yoda (ele é da minha tia, mas eu o amo e mimo tanto que ele é metade meu), e eu tinha quatro gatos em casa. Duas fêmeas e um macho que se chamavam Flô, Ravena, Hazel e Harlow (a Flô e a Ravena continuam comigo), e o nome do meu próximo gato que será preto igual o Yoda, será Chez (de Cheshire, o gato da Alice no Pais das Maravilhas). Se querem saber, minha verdadeira paixão não é só por gatos em geral, mas por um tipo de gato. O gato preto.
Por tanto tempo o gato preto foi alvo de lendas e superstições que ainda existem e fazem certas pessoas evitarem o contato com esses animaizinhos, mas a verdade é que, nem melhores e nem piores que quaisquer outros, os gatos pretos não são nada além de lindos gatos que adoram carinho, comida, e se esfregar nas pernas do dono. O que me faz preferir gatos pretos é que, além de eu amar preto, eu desenvolvi uma grande simpatia por eles. Quando eu durmo na casa da minha tia, o Yoda sempre dorme nas minhas pernas, mesmo que tenha se esquivado do meu colo o dia todo. Eu amo quando ele está por perto e acho que ele também gosta de estar perto de mim. Ele me passa uma alegria muito grande. E outra coisa que gatos pretos tem de especial, em minha visão, é que eles são muito fotogênicos. Não importa quão mau fotógrafo você é, gatos pretos sempre sairão lindos nas fotos - e bem que podiam passar um pouco deste admirável dom para mim. Sou também vidrada nos olhos amarelos e penetrantes que eles possuem. São lindíssimos... Sim, eu viajo completamente quando falo de gatos. Pareço quase uma garota apaixonada. Mas eles são mesmo minhas paixões, e eu levarei um ao meu lado até o fim dos meus dias.


Inércia


Hoje eu tava passando a limpo um dos meus textos de redação e o tema era "A atuação social do jovem", então comecei citando a conhecidíssima 1ª lei de Newton; a lei da inércia. Minha professora de redação pareceu ter gostado da ideia e tudo o mais, mas eu não pude deixar de discutir comigo mesma e me perguntar repetidamente porque somos tão inertes. O que mais se vê em rede social é gente metida à justiceira, mas que o máximo que faz é meter o pau na política como todo mundo e simplesmente não mudar nada. Eu fiquei realmente orgulhosa quando vi as fotos da marcha contra a corrupção feita aqui em São Paulo, enfrente ao MASP. Sério. Foi lindo. As máscaras de V de Vingança e todos aqueles cartazes com ironias e frases ácidas completamente verdadeiras. Eu me orgulhei de ser brasileira naquele momento. Me orgulhei da minha geração por um momento. Graças à Deus não falta à todos os jovens o senso de sociedade, responsabilidade e justiça e espero que o numero de jovens cientes de que são (somos) capazes de mudar esse país pra melhor só aumente, porque aquela frase clichê diz que "os jovens são o futuro" e são jovens dispostos a lutar pelo que é certo e útil que nosso Brasil precisa.


Templates para Blogger

Cara, até agora não vi coisa mais complicada que achar templates pra cá! Demorou demais pra eu conseguir achar esse aqui e juro que ainda não sei exatamente onde foi que eu o achei. Muito tenso. Enfim, por isso que o tumblr é mais prático. Eu sabia fazer meus próprios themes, o HTML e as configurações são bem mais simples, agora aqui não. É tudo complicado, que tem não sei o que errado, outro bang faltando... PELAMOR, né minha gente? Quanto doce viu, Blogger?! To de mal de você!

Banda Libert

Gente linda de mi corazón (-n), apresento-lhes a banda Libert. É uma banda independente, iniciada há pouco tempo, mas já com duas músicas lindas gravadas (nas quais sou viciada, falo mesmo). A Banda é formada pelo Vini Queirozz (vocalista e violonista), Paulo Neto (guitarrista), Digo (baixista), Gui (tecladista) e Messias (baterista). Os meninos tem já um clipe lançado (que está aqui) e eles tem um cover muito lindo de Next To You que vale à pena mesmo ouvir (aqui). Eles tão em início de carreira, como eu disse, mas já fizeram alguns shows e semana passada o clipe de Metade do Que Sou foi ao ar na Mix Tv.
Uma dica: Ouçam também essa música aqui. Ela me ajudou pra caramba quando eu tava completamente desacreditando de mim mesma e tenho certeza de que eu não vou ser a única que vai poder dizer isso. Eles são uns lindos e mega simpáticos! Aproveitem que ainda ta no começo pra conseguir conhecê-los bem. Sei que o vocalista é um lindo, mas eu tenho ciumes dele, ok? Não. Entãaaaaaao é isso ai. E vamos fechar com chave de ouro com um recadinho do lindo do Vini!

"Quero convidar a todos que ouçam a Libert! Agradecer desde já aos que conhecem a banda pela força incrível que tem nos dado. Vem muito Libert ai ainda! Aguardem! rsrsrsrs"
E é isso ai, povo lindo. Vocês ainda vão ouvir falar MUITO da Libert por ai! Curtam ai a página da banda no face (aqui) e sigam a banda no twitter (aqui) e confiram todas as novidades que estão vindo por ai! 
1 Milhão de beijos.

Momento "awn" do dia

Gente eu tinha que postar esse vídeo aqui. Essas corujinhas são as coisinhas mais lindas desse mundo! Sério! Olha como essa primeira adora carinho! Me deu uma vontade enorme de ter uma dessas em casa, na boa...

Viagem de Formatura


Oi pessoas. Ontem descobri que provavelmente minha viagem de formatura do 3º ano do colegial vai ser pra Cancún, Caribe. E bastou esse assunto vir a tona que eu juro que não pensei mais em outra coisa além dessa viagem. É um fato que em viagem de terceiro ano todo mundo faz o que quer, e principalmente porque a minha viagem vai ser por fora do colégio, até open bar vai ter nas festas (Eu pessoalmente aposto que vai ter nego dando PT...), mas o meu lado romântico falou bem altor e ao invés de curtir como uma adolescente normal, indo às festas e bebendo com os amigos, provavelmente vou passar um tempo como "casada". Eu e meu namorado (sim, lindos, to namorando *-*) estudamos na mesma escola e estamos ambos no segundo ano, a diferença é que ele faz o ensino médio junto com o técnico em Processamento de Dados (que é à tarde), portanto viajaremos juntos e esperamos conseguir ficar no mesmo quarto. Acho que toda a garota ja deve ter sonhado em ir viajar sozinha com o namorado, dormir e acordar ao lado dele e eu terei a oportunidade de fazer isso. Eu tenho mais do que certeza de que isso será bom pra nós. Estaremos com mais de um ano de namoro, a apenas poucos anos de um casamento... E você me pergunta se eu me casarei com ele? Sim. Eu me casarei. Meu melhor amigo por sinal me deixará na porta da igreja de caça, mas isso eu explico depois. O assunto é eu me aproveitar da viajem de formatura pra morar com o meu namorado, mesmo que por sete noites. 
Agora me diga, você faria isso?

Mundo Monocromático


Eu tive a maravilhosa oportunidade de ler este livro da foto, e posso dizer que valeu a pena, mas não é sobre o livro que vou falar e sim pelo tipo de mundo diferente que ele retrata.
Pra quem, assim como eu, adora fotos em sépia, preto e branco e escalas de cinza, vai adorar esse livro por que nele inteirinho é passado um mundo cinza, leitoso, calmo e sombrio, ou seja, monocromático. Por causa desse livro eu me descobri uma amante do monocromatismo e notei que, sem perceber, eu ja era meio assim há um tempo. Eu adoro coisas em escala de cinza, me visto sempre com cores neutras ou apagadas/desbotadas, e as únicas excessões são: o vermelho vivo ou o vinh, que sempre foram minhas paixões em relação à cores, e então eu me encantei com a pequena ilha de Saint Hauda, seu inverno leitoso, seus corpos de vidro e paisagens opacas e sem vida. Uma especie de natureza morta às vistas, mas paisagens cheias de arte para bons olhos (ou boas lentes, porque eu com certeza viraria fotógrafa, assim como Midas, se morasse em um lugar como St. Hauda's Land). Eu então me decidi por começar a testar meu lado artístico tirando fotos de paisagens ou objetos monocromáticos ou belas paisagens e imagens tristonhas e transformá-las na amada arte em preto e branco e, claro, vou postar todas as fotos aqui, no meu twitter, no tumblr e no meu facebook. :)
E é isso ai, pessoal! Beijos! XOXO