Faculdade

Quem nunca se imaginou na faculdade, não é? É tão lindo se imaginar tendo mais que 18 anos, saindo sozinha de casa, indo pro centro da cidade pra fazer faculdade num lugar onde tem muita gente bonita... É tudo muito lindo, mas o que nunca conseguimos imaginar é que faculdade é essa e que curso é esse que nos imaginamos fazendo. 
Quando se chega no 2º ano do Ensino Médio uma das maiores preocupações que vêm à cabeça é "que merda eu vou fazer da minha vida?". Essa pergunta só é muito prejudicial quando só aparece no meio do 3º ano, mas, mesmo assim, é pressão pra caramba.
Escolher faculdade, pra mim, é que nem escolher roupa pra sair: Você tem um monte de opções diferentes, mas não acha que nenhuma se encaixe realmente em você. Prova/pesquisa uma, e acha que não combina, que não tá legal, e isso acontece com, no mínimo, mais umas 4.
Não morra de preocupação, porque dizem que isso é completamente normal, mas vamos admitir: É uma droga não ter noção do que fazer da vida. Pior que isso ainda é, apesar de não ter escolhido a faculdade, você já ter escolhido a área que quer seguir que, obviamente, é a que mais combina com você, mas mesmo assim ter que ir bem em matérias que serão completamente inúteis para o resto da sua vida, as quais você provavelmente não gosta, tudo por causa da merda do vestibular.
O mais irritante, em minha opinião, é saber que o vestibular é realmente inútil. Não é inútil só na nossa visão de estudantes confusos ou preguiçoso (ou ambos), mas é realmente inútil. Você tira essa conclusão por si mesmo ao ver que em lugar nenhum no mundo existe vestibular exatamente pelo motivo que mais nos irrita: Ter que ir bem em matérias que você nunca mais vai usar na vida, porque se você não vai bem você não passa no vestibular, o que é irônico sendo que você não precisa disso pra ser bom na área que escolheu (por exemplo: você tem que saber física pra passar num ENEM ou numa FUVEST, mas se você escolheu algo na área de humanas, como o jornalismo, você não vai precisar de física pra ser um bom profissional; só que você é obrigado a ir bem nessa matéria no Ensino Médio só por causa dessa prova, quando você podia estar se esforçando pra se aprofundar em matérias que serão REALMENTE necessárias pra que você faça o curso de jornalismo). Revoltante pra caramba, né?
Enfim, voltando à questão inicial de não saber que faculdade fazer, descobri que o melhor a ser feito é:

  • a) Fazer um teste vocacional. Os da internet são até legaizinhos, mas o ideal é fazer um teste vocacional com orientadores e profissionais, pois assim os resultados serão mais confiáveis e você receberá orientações. 
  • b) Muita pesquisa de campo. HAHAHA. Pode parecer um termo engraçado, mas é o correto. Pesquise sobre as áreas que te interessam, procure saber sobre salário, matérias, faculdades boas, oportunidades no mercado de trabalho, especializações... 

Isso tudo ajuda muito na hora de decidir. Dá preguiça, mas é o melhor a fazer. É melhor gastar um tempo pra pesquisar isso tudo que depois fazer qualquer coisa sem nem saber o porque.
E é isso ai, minhas lindas! Espero que esse post tenha ajudado! ;*

Cabelos Coloridos

                        

Uma das coisas que eu mais adoro olhar quando estou na internet são aquelas fotos magníficas de cabelos coloridos! Os cabelos cor-de-rosaroxosvermelho-vivosverdesazuis... Nossa, me perco!
Sempre quis pintar meu cabelo de alguma cor diferente que, no caso, seria roxo. Adoro roxo. Não é a minha cor preferida, mas eu acho que é a que ficaria mais bonita em meu cabelo. Minha mãe meio que já se convenceu de que essa ideia não vá sair da minha cabeça tão já. Essa vontade vem desde a época em que eu era apaixonada (e ainda sou) pelo estilo Scene/Emo/FromUk e continua até hoje.
Vejo que a cada dia mais, esses cabelos coloridos entram nas listas de desejos/inspirações das garotas que conheço. No facebook, todos os dias, vejo o pessoal compartilhando fotos dos cabelos coloridos e fico lá, babando... HAHAHAH.
Por causa disso resolvi pesquisar entre os blogs que gosto e suas respectivas escritoras, quais delas gostam de cabelos coloridos, quantas já pintaram seus cabelos de alguma cor diferente e quantas planejam/planejaram fazê-lo algum dia, como eu.
Quando eu receber as respostas, postarei aqui os resultados, mas não fique de fora! Comente aqui se você gosta ou não, se usaria ou não, se já teve ou não cabelo colorido! :)
Um Grande Beijo, minhas queridas! ;*

Nail Arts

Olá, minhas queridas! Hoje eu estava perambulando pela blogosfera tentando melhorar meu layout, quando me deparei com um post sobre Nail Arts em não sei que blog. Em resumo; estava eu olhando as nail arts e me veio inspiração pra postar: 
Nail Arts 3D - Sou a Única Que Acha Estranho?!

D.I.Y: Bolinho de Caneca

Ontem eu tava MEGA sem nada pra fazer depois que arrumei a casa inteira então resolvi fazer algo que amo de paixão: Bolinho de Caneca. Além de ser mega rápido de fazer, esse bolinho é uma delícia! Não tem como resistir à ele!

D.I.Y: Camiseta Customizada

Essa D.I.Y foi feita pela minha prima, Lais. Ela postou hoje no face a foto e eu adorei, então precisei passar pra vocês. Pra essa D.I.Y você precisa ter uma certa noção sobre costura, mas a técnica é um tanto simples. A camiseta é uma baby look simples, branca, com decote V. Essas pequenas miçangas em formato de pérolas de ambos os tamanhos, você acha na 25 de Março. 
Para fazer, basta você seguir a linha da costura original (aquela marquinha que fica nos ombros da união das costas com a frente da camiseta) fazendo duas fileiras bem justinhas com as pérolas grandes, depois fazer mas duas fileiras, uma de um lado e outra do outro lado das fileiras originais, com as pérolas menores, e depois seguir as pequenas "dobras" que o tecido faz quando blusa está no corpo, intercalando as pérolas menores com as maiores. Esse efeito que ficou me lembra gotas de chuva. E é só fazer isso por todo o comprimento da área entre os fim das pequenas mangas e da gola.
E é isso aí, minhas queridas! Qualquer dúvida, comente e eu respondo! ;*

Férias!

              
Gente, me desculpem por demorar tanto pra postar, plmdds! Eu iniciei as férias e não via a hora de sair com o povo então acabei deixando a internet e o blog meio de lado, mas vamos começar a por a conversa em dia. Terminei com meu namorado e resolvi realmente arranjar o que fazer essas férias. Tava sem grana pra viajar, mas fui pra shopping, fui pra Av. Paulista andar, ganhei sapato, livro e bolsa de aniversário, encontrei gente que eu não via há anos e, claro, dei muito beijo na boca (porque férias sem beijo na boca não é férias pra mim! #tdspiram). Enfim, estou começando a minha vida nova agora, afinal voltei a trabalhar. Finalmente realizei um sonho (que a gente deixa em off por enquanto...) e não vejo a hora de conseguir reformar meu quarto! 
E agora vamos ao que realmente interessa: COMPRAS! Férias, para as garotas, é sinônimo de mudança. Seja de guarda-roupa, estilo, cabelo, namorado, casa, quarto ou qualquer outra coisa que seja legal de se mudar, e uma das coisas mais legais de se mudar já foi citada: o guarda-roupa. 
Em minhas andanças pelas galerias e shoppings da Paulista eu descobri no Shopping Center 3 uma enorme concentração de roupas para rockeiras sejam elas clássicas ou modernas. Vestidos de renda preta, coturnos de salto alto, vestidos acinturados de caveirinhas, blusas com corujas, mustages e caveiras. Anéis de um, dois e três dedos, spikes e uma bolsa com alça de soco inglês. No ultimo domingo fui pra lá com a minha tia e com a minha BF (BF = Bitch Forever porque Best Friend é viadagem.) e vi que a loja de sapatos Martinez estava em LIQUIDAÇÃO! Sério, não era só uma simples promoção, não! Os sapatos mais lindos do mundo por R$ 99,90! Quase infartei e, claro, não pude deixar de pegar ao menos um par pra mim (mais tarde eu posto a foto). Os preços, mesmos das galerias são meio salgados, mas vale à pena. Os produtos são de ótima qualidade e gosto e, mesmo que não seja muito comparável com a lendária Galeria do Rock, atende aos gostos de boa parte das rockeiras paulistas.
Beijos mil, minhas lindas!