Faculdade

Quem nunca se imaginou na faculdade, não é? É tão lindo se imaginar tendo mais que 18 anos, saindo sozinha de casa, indo pro centro da cidade pra fazer faculdade num lugar onde tem muita gente bonita... É tudo muito lindo, mas o que nunca conseguimos imaginar é que faculdade é essa e que curso é esse que nos imaginamos fazendo. 
Quando se chega no 2º ano do Ensino Médio uma das maiores preocupações que vêm à cabeça é "que merda eu vou fazer da minha vida?". Essa pergunta só é muito prejudicial quando só aparece no meio do 3º ano, mas, mesmo assim, é pressão pra caramba.
Escolher faculdade, pra mim, é que nem escolher roupa pra sair: Você tem um monte de opções diferentes, mas não acha que nenhuma se encaixe realmente em você. Prova/pesquisa uma, e acha que não combina, que não tá legal, e isso acontece com, no mínimo, mais umas 4.
Não morra de preocupação, porque dizem que isso é completamente normal, mas vamos admitir: É uma droga não ter noção do que fazer da vida. Pior que isso ainda é, apesar de não ter escolhido a faculdade, você já ter escolhido a área que quer seguir que, obviamente, é a que mais combina com você, mas mesmo assim ter que ir bem em matérias que serão completamente inúteis para o resto da sua vida, as quais você provavelmente não gosta, tudo por causa da merda do vestibular.
O mais irritante, em minha opinião, é saber que o vestibular é realmente inútil. Não é inútil só na nossa visão de estudantes confusos ou preguiçoso (ou ambos), mas é realmente inútil. Você tira essa conclusão por si mesmo ao ver que em lugar nenhum no mundo existe vestibular exatamente pelo motivo que mais nos irrita: Ter que ir bem em matérias que você nunca mais vai usar na vida, porque se você não vai bem você não passa no vestibular, o que é irônico sendo que você não precisa disso pra ser bom na área que escolheu (por exemplo: você tem que saber física pra passar num ENEM ou numa FUVEST, mas se você escolheu algo na área de humanas, como o jornalismo, você não vai precisar de física pra ser um bom profissional; só que você é obrigado a ir bem nessa matéria no Ensino Médio só por causa dessa prova, quando você podia estar se esforçando pra se aprofundar em matérias que serão REALMENTE necessárias pra que você faça o curso de jornalismo). Revoltante pra caramba, né?
Enfim, voltando à questão inicial de não saber que faculdade fazer, descobri que o melhor a ser feito é:

  • a) Fazer um teste vocacional. Os da internet são até legaizinhos, mas o ideal é fazer um teste vocacional com orientadores e profissionais, pois assim os resultados serão mais confiáveis e você receberá orientações. 
  • b) Muita pesquisa de campo. HAHAHA. Pode parecer um termo engraçado, mas é o correto. Pesquise sobre as áreas que te interessam, procure saber sobre salário, matérias, faculdades boas, oportunidades no mercado de trabalho, especializações... 

Isso tudo ajuda muito na hora de decidir. Dá preguiça, mas é o melhor a fazer. É melhor gastar um tempo pra pesquisar isso tudo que depois fazer qualquer coisa sem nem saber o porque.
E é isso ai, minhas lindas! Espero que esse post tenha ajudado! ;*

Nenhum comentário: